WhatsApp terá mudanças importantes este ano

WhatsApp terá mudanças importantes este ano

A primeira atualização do WhatsApp beta para 2021 trouxe novidades para um recurso esperado por muita gente. O suporte ao uso em mais de um dispositivo ao mesmo tempo. Apesar de ainda não estar ativado, o recurso já possui algumas telas que dão pistas de como ele irá funcionar no futuro.

Apesar de permitir o uso do mesmo perfil no computador, usando a função WhatsApp Web, o aplicativo requer que o celular permaneça conectado à internet. No caso atual, o aplicativo no smartphone funciona como uma ponte para que o serviço funcione no PC.

Com o suporte a múltiplos dispositivos, o usuário poderá associar sua conta no aplicativo em outros aparelhos, sem que o celular com o número de telefone do usuário esteja permanentemente conectado à internet, funcionando mesmo em situações em que o telefone está sem bateria, no modo avião ou algum sistema de economia de energia.

Na versão de testes 2.21.1.1, o WhatsApp beta recebeu novas telas preliminares para o recurso, reveladas pelo site WABetaInfo. As imagens sugerem que a empresa cogita oferecer um período de testes para o recurso, identificado como WhatsApp Web Beta.

Uma das telas deixa claro que o recurso de múltiplos dispositivos dispensa a conexão do celular à internet. Além disso, sugere que até quatro dispositivos poderão ser usados ao mesmo tempo, listando como exemplos o acesso pelo navegador web, os aplicativos para computador.

A mensagem do programa de testes do recurso explica que algumas funções não estarão disponíveis em um primeiro momento, citando como exemplos a opção de arquivar e silenciar conversas, apagar mensagens e conversas ou ainda realizar chamadas de áudio ou vídeo.

De acordo com o WABetaInfo, a novidade não tem previsão de lançamento. Nem mesmo o programa de testes é dado como certo, pois ainda estaria em consideração por parte do WhatsApp.

Fontes: WABetaInfo e CanalTech

Avatar
Salvador Neto

Salvador Neto é jornalista profissional e renomado consultor e assessor em comunicação, planejamento, marketing, oratória, escritor autor de duas obras e vários textos literários em antologias. Experiente, e antenado nas mudanças da comunicação, é aposta certa quando sua empresa ou projeto precisar de apoio. É fundador e diretor da ECOM - Escola da Comunicação, criador da tese "Governança da Comunicação", para gestão sustentável de empresas, órgãos públicos, ONGs e pessoas públicas, e método "Funil do Voto", voltado a campanhas eleitorais..