Tag: transparência

Comunicação Interna – O desafio de manter um time unido

Todo mundo está careca de saber (eu estou, careca…) que o trabalho em equipe só dá resultados quando há sinergia entre as pessoas, entendimento das missões, conhecimento das funções de cada um, motivação e também, e principalmente, uma comunicação eficiente, objetiva, transparente e esclarecedora. Portanto, é um desafio para gestores de qualquer empresa, organização ou órgão público manter a informação viva, clara e motivadora.

Das ações que sempre indico a quem vai implantar a Governança da Comunicação – método que criei para apoiar a gestão – sempre dou ênfase à comunicação interna. Ela é um dos pilares que sustentam a organização, até porque “fala” com a base de tudo que são as pessoas, os funcionários, trabalhadores, os que produzem, criam, reduzem custos, qualificam produtos e processos, enfim, são o coração e sangue em constante ação.

Comunicação interna não é tão somente um informativo impresso, um jornal mural, aplicativos de conversação e atividades, mas sim uma ação integrada que inicia no topo de comando das empresas, organizações e outros, e chega com o mínimo de ruídos lá na expedição, na equipe de vendas, nos promotores das lojas, ou ainda no balcão do órgão público junto ao cidadão que solicitou a demanda. Evitar a desinformação que é a mãe dos telefones sem fio da vida, é meta permanente. Uma Governança da Comunicação bem construída ajuda.

Hoje existem inúmeros formatos para que uma comunicação interna funcione. Mas que fique claro, ela não pode ser apenas um meio de “fiscalizar e cobrar” atividades, mas sim de informar, orientar, motivar, esclarecer, propor e valorizar a equipe, que só vira um “time” quando a sinergia for a mais alta possível. Difícil alcançar isso? Sim, não é fácil, mas é muito mais difícil recolher cacos de uma comunicação sem estratégia, dissociada da realidade e distante.

Dicas para uma comunicação interna eficiente

1 – Priorize a Comunicação como pilar fundamental da organização

2 – Implante a sua Governança da Comunicação, com planejamento e metas

3 – Defina a transparência como prioridade para a informação aos funcionários, prestadores de serviços, parceiros e fornecedores

4 – Faça um diagnóstico preciso (parte da Governança) da organização e seus setores para definir as ferramentas a serem utilizadas

5 – Possibilite um ambiente moderno, acessível para que todos saibam o que está “rolando” na organização, assim os ruídos são reduzidos

Há muitas outras dicas para cada organização ou empresa, de acordo com sua área de atuação, pois cada especificidade merece uma ação adequada. Mas há uma coisa que nunca mudará: comunicar a todos de forma rápida, ágil, acessível e transparente é a melhor decisão para a gestão obter resultados surpreendentes e inovadoras.

  • Salvador Neto criou o método Governança da Comunicação com base em histórico de trabalhos prestados a todos os setores da economia. Criou jornais murais, informativos, mailings, redes sociais e muito mais em órgãos públicos, empresas e entidades.

Inovação: Tenha a sua Governança da Comunicação

Não importa o que digam, o que formulem em várias fórmulas de sucesso para os negócios, gestão pública, bons resultados para ONGs, a verdade é única: sem uma comunicação eficiente, não há sucesso. E como ter uma boa comunicação – o grande guarda chuva onde se abrigam marketing, mídias digitais, etc – se não existem processos claros e transparentes que sejam prioridade da gestão?

Estudei esta premissa ao longo da minha carreira profissional e na vida pessoal, e lá se vão 35 anos. Atuei em todos os segmentos da economia, no setor privado e público. Trabalhei em pequenos negócios, fui sócio de empreendimento, ganhei expertise em multinacionais como Coca Cola e Pepsi Cola. Estive em cargos no Legislativo e Executivo, conheço bem a máquina pública. Fui assessor e consultor em comunicação para líderes políticos, empresários, campanhas eleitorais. Sou voluntário em ações sociais, inclusive participando de diretorias, campanhas e outros.

Portanto, nesta trajetória tive experiências das mais diversas. Geri inúmeras crises de imagem, comerciais, administrativas. Posso garantir que em quase todas, erros de comunicação ou precipitaram insucessos, geraram grandes crises, criaram embaraços em equipes de trabalho. Em quase todas o líder, o comandante, não colocava a comunicação eficaz como a prioridade das prioridades. Não compreendiam, com ainda muitos gestores e líderes não compreendem, que ao comunicar bem, você garante os pilares que sustentam seu sucesso.

Criei então, a partir de todos estes estudos práticos, e técnicos em estudos da comunicação, o método “Governança da Comunicação”, um conjunto de processos e regras com metas claras e factíveis que necessariamente precisam contar com a participação de “TODOS” da organização, e que visam garantir exatamente isso: a comunicação objetiva, eficaz, direta, transparente para evitar ao máximo os ruídos com os públicos envolvidos. Quanto mais estável a comunicação, mais estável a gestão.

Na visão da “Governança da Comunicação” o ato de se comunicar bem é fundamental para o sucesso do empreendimento, seja ele público, privado, social. Para que se estabeleça a Gov-Com são necessários vários passos, e desde o primeiro e fundamental: a decisão da liderança. Sem ela, nada acontecerá. Há que se ter a crença real de que a comunicação é o leme que dará a sustentabilidade da navegação aos negócios.

Quando todos sabem clara e transparentemente sobre o negócios, sua missão, objetivos, metas, produtos, erros e acertos, e compreendem de forma transparente como funcionam os processos internos e externos, os resultados são surpreendentemente melhores que outros lugares onde a prioridade é somente o lucro, o produto, imagem. A Governança da Comunicação é a inovação que dá sustentabilidade e longevidade a qualquer empreendimento, projeto ou missão.

Quer saber mais ou deseja implementar o nosso método Gov-Com em seus negócios? Mande uma mensagem que teremos prazer em dialogar.

Salvador Neto
Criador do Método Governança da Comunicação (GovCom)